quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Atualização obrigatória não obrigado


Atualização obrigatória? Não, obrigado!


Hoje em dia, quase todo mundo usa uma ferramenta de mensagem instantânea (IM, de Instant Messengers).

Atualmente, quase todo mundo tem um MSN. Se não é este, é o Yahoo!Messenger. Ou então Skype, ou gTalk, ICQ, AIM, etc... Tem até ferramentas, na Web ou no celular, que integram essas várias contas numa única interface, se você tem conta em mais de um desses provedores de IM.

Mas, talvez por conta da plataforma Windows, muito mais difundida, ou talvez por conta de um dos mais famosos e populares servidores de email público e gratuito, o Hotmail, que foi comprado pela Microsoft, o fato é que o MSN é o mais popular dos IMs.

No meu caso, como eu possuia conta no Hotmail, passei a poder usufruir do MSN, bastando instalar o client (software local no meu PC), para poder usar trocar mensagens online com quem quer que também usasse o MSN.

Pessoalmente eu prefiro o Yahoo!Messenger, mas desde que a Microsoft firmou acordo de compatibilidade de cadastro entre o Y!M e o MSN, o universo de contatos praticamente dobrou, e em teoria tanto faz agora usar uma ou outra ferramenta para conversar com as mesmas pessoas. As preferências fica por conta dos recursos adicionais que cada uma delas oferece (no meu entender, o básico que é a intercomunicação permanece o principal recurso, e o resto é firulas).

Daí que, para permitir essa intercomunicação, o MSN precisou se transformar no Window Life Messenger versão 8 (pulando aqui algumas etapas de versionamento, para ir mais direto ao ponto). E a Microsoft passou a sugerir a migração de seus usuários de MSN e WLM para a versão 8.

E foi o que eu fiz. O motivo era razoável e interessava poder unir o melhor dos dois mundos. Em algumas empresas, o uso de Y!M não é permitido, mas o MSN é usado internamente se a empresa adotou os produtos Microsoft como ferramentas oficiais de trabalho. Assim, seria possível conversar com colegas do Y!M usando o MSN. Isto é ótimo.

Mas sou avesso a mudar de versões, por pouca coisa ou sem um motivo bem forte. Isto não é ser retrógrado nem conservador radical. Isto é ser prático. Se não há nenhum ganho convincente em se mudar de versão, mudar por mudar representa, ainda que o fornecedor tente mostrar o contrário, uma sobrecarga maior no seu sistema operacional e na capacidade de seu computador.

Antigamente, devido à escassez e lentidão de recursos de hardware (memória, disco, processamento), os software eram feitos com algum cuidado inteligente, de economizar recursos e fazer o mesmo mais rapidamente e com mais inteligência. À medida que os recursos foram se barateando, e em tempo cada vez menor se obtinha hardware cada vez mais potente no mercado, a tendência dos desenvolvedores passou a ser no aproveitamento máximo da nova tecnologia, e não na eficiência dos programas. Então, se as novas versões fossem mais lentas, o novo hardware compensava as melhorias, de modo que se poderia oferecer muito mais, e nos novos equipamentos seria uma beleza!

As empresas em geral, passaram a não mais se preocupar com a dita compatibilidade retroativa e respectivo suporte. Quem seria o louco de manter o equipamento antigo, com equipamentos novos no mercado capaz de realizar mais que o dobro pelo mesmo preço? A lógica capitalista aposta que todos irão migrar, e que a tendência é terem sempre o último equipamento mais avançado. É o que eu chamo de "síndrome da troca pelo carro novo", ou seja, não importa quão novo seja seu automóvel, assim que sair um modelo novo, você troca o atual pelo lançamento, para estar sempre atualizado, valorizando assim seu patrimônio, a despeito de quanto tenha que gastar ainda por isto.

Bem, essa lógica pode se aplicar muito bem para equipamentos de informática em países de primeiro mundo (Estados Unidos, Canadá, Europa e Japão), ou parcela seleta da população de outros mundos (Brasil incluído), que possuem o privilégio de estarem em dia com as recentes inovações tecnológica, indiferentes ao seu custo.

Mas aqui? Dificilmente alguém consegue acompanhar a frenética velocidade de novidades na informática. Se tiver a sorte de poder comprar um equipamento e acessórios de última geração, a vista ou financiado, aposto que vai pensar duas vezes antes de trocar tudo em menos de 6 meses... E outra coisa: trocar para quê, se tudo que você precisa está ali, finalmente funcionando? (vamos pular a parte do tempo que leva para conseguir fazer tudo funcionar como a gente quer, ok?)

Então, voltando aos comunicadores online, há algumas semanas o MSN vem apresentando uma mensagem de que há nova versão disponível para download, a cada vez que você inicia uma sessão. A mensagem pode ser entendida como um procedimento correto, no sentido de divulgar a nova versão e sugerir atualizações (ou upgrade). A maioria das ferramentas gratuitas que oferecem novas versões melhoradas, cobram para baixar e instalar; mas não é o caso do MSN.

Porém, depois de algum tempo, já faz alguns dias, a cada vez que você fazer login (conectar-se numa sessão online), uma caixa de mensagem passou a ser mais contundente (e irritante!)... Avisa que uma versão mais nova está disponível, pergunta se quer instalar agora ou obter mais informação.

Não, obrigado, não quero atualizar, por favor deixe-me continuar com esta versão que no meu entendimento e uso está bom demais. Não desejo nem mais melhorias nem mais "piorias". Depois de ignorar meu não, e não realizar meu login, por algumas vezes, eu conseguia continuar usando normalmente, como antes.

Entretanto, desta última vez, a "democracia" norte-americana, no caso representada pela Microsoft, não me deixou prosseguir. A toda tentativa de login, vinha a seguinte caixa de mensagem:

A newer version is available. You must install the newer version in
order to continue. Would you like to do this now?
_Y_es ?
_N_o ?
OK / _W_hat is New...


Traduzindo:
Uma versão mais nova está disponível (até aí, tudo bem, fico feliz em saber)
Você PRECISA insalar a versão mais nova para poder continuar (EPA! tenho que? Mas não quero!)
Gostaria de fazer isto agora? Sim ou Não? (NÃO, claro que não gostaria, nem agora nem depois!)

Eu escolhia Não, e clicava OK, e voltava para tela de entrada, desconectado do MSN... Sempre!
Cliquei no "Quais são as novidades..." para ver o que dizia. O texto, que pode ser conferido no seguinte link (http://www.windowslive.com/Desktop/Messenger/Upgrade), dizia o seguinte:

Why You Need to Upgrade ?
The Windows Live Messenger team has identified an important security issue in Messenger.
All Messenger users need to upgrade to the new version.
This update will help keep you and your friends safe and secure while you chat online.


Traduzindo:
Por que Você Precisa Fazer esta Atualização?
A equipe do WLM identificou um importante problema de segurança no MSN (muito bem, mas QUAL problema??? Não sei, não dizem, é mistério...)
TODOS os usuários do MSN têm que migrar para a nova versão (NÃO há outra opção, precisam, é obrigatório!)
Este upgrade ajudará manter você e seus amigos seguros e protegidos (DE QUEM? COMO?) enquanto conversam online.

Minha versão de Windows Life Messenger, exibida pela opção de menu Help/About, era:

Version 2008 (Build 8.5.1302.1018)
Copyright 2007 Microsoft Corp
Contains security licensed from RSA Data Security Inc

Como não havia meios alternativos, respondi Yes para permitir a atualização. Daí, algumas verdades veladas podem ser percebidas...

Depois do download da "última" (latest) versão do WLM (que você não é avisado qual é, até que se conclua a instalação), para prosseguir na instalação, você é novamente OBRIGADO a aceitar o termo imposto pela MS. Ou seja, a primeira verdade não explícita é que a MS está, através deste procedimento, isentando-se de uma série de possíveis processos e impondo outras condições de uso, pois ao continuar a instalação você está concordando com o que ela diz, sem poder questionar.


Aliás, outro pretexto desta atualização é o que aparece na linha de baixo dessa mesma tela: "Esta instalação pode requerer atualizações na versão do WLM que você já possui, e futuras atualizações você irá obter pelo Microsoft Update. (saiba mais)". O truque na manga da camisa é o Microsoft Update, uma ferramenta que vasculha seu PC para saber o que você tem instalado na máquina, o que é da MS, que versão está, se é legítimo ou pirata, número de série, etc, tudo isto na surdina, para depois dizer pra você se pode ou não fazer novas atualizações antes de dizer para que versões estão disponíveis para você em função do que você tem. Bem, na prática é isto, uma espécie de vírus (no conceito teórico, obviamente) "oficial" que de forma alguma é chamado ou comparado a um vírus, por ser parte de um procedimento legal (e concordado com seu aceite) de instalação/atualização de versão. Para conhecer "tudo" sobre as dúvidas mais freqüentes "oficialmente" perguntadas e politicamente correto respondidas, clique no "Learn more" que leva você ao seguinte link: http://www.update.microsoft.com/microsoftupdate/v6/vistaabout.aspx?ln=en-us

Bem, quando terminou a instalação, estava atualizado para a seguinte versão:

Version 2009 (Build 14.0.8089.726)
Copyright 2009 Microsoft Corp
Contains security licensed from RSA Data Security Inc

Em apenas 1 ano de versão (2008 para 2009), não pude mais continuar com a versão que usava e que pra mim bastava...

E continuei sem saber qual era aquele tão grave problema de segurança que a MS alegou, a ponto de me "impedir" de continuar usando o que sempre usei normalmente... Ora, não deveria processar a RSA Data Security, por ter permitido tal vazamento de segurança? E por que não explicam de forma transparente o real motivo (ou pelo menos a principal falha da segurança detectada), de modo a transmitir maior conforme e sentido de urgência na atualização por parte se seus usuários?

Ao final da instalação, talvez por pura ironia macabra, é apresentada uma tela que confirma que você foi "OBRIGADO por atualizar para a nova versão", reconhecendo a imposição de tamanha tirania. (rsrs)


Em resumo, seria mentira dizer que você não tem opção...
Tem sim, a mesma que algumas companhias aéreas oferecem para serviços a bordo:
a opção é ou "isto" ou "nada", "aceita o que e como queremos" ou "fica a chupar dedo e a ver navios", a opção é sua!

Eu fico a pensar no grande golpe que o brilhante Bill Gates e posteriormente toda sua equipe que se transformou numa prestigiosa corporação, estratégia esta que foi de difundir o sistema operacional MS-DOS gratuitamente (estimulando o que posteriormente passou a tachar de pirataria), e inicialmente o Window 3.1 e Windows 95. A partir daí, quando estavam quase todos dependentes (talvez viciados seja um termo menos apropriado), passou a cobrar pelos UPGRADES para outras versões, cada vez mais caro.

Não defendo a pirataria, quero deixar isto bem claro. Mas sou de opinião que os principais responsáveis pela pirataria hoje existente não são os usuários nem os intermédiários nem a falta de fiscalização. São os próprios fabricantes e sua ganância por lucro (muitas vezes pressionados por seus acionistas, obviamente, igualmente gananciosos).

Sim, e a explicação é muito simples. Se em vez de encontrar numa loja um software oficial e completo por R$ 200, por exemplo, e encontrar o mesmo por digamos R$ 30, quem iria pagar uns R$ 10 por um software pirata e ilegal, quando pode ter todas as garantias e qualidade por um preço só um pouquinho a mais? Seria o fim da pirataria! O problema está na desproporção de preços, incompatível com o bolso da maioria dos usuários, quando este tem outras preocupações de primeira necessidade básica (como comprar comida, remédios, roupas e transporte para poder ir trabalhar, contas de água, luz, telefone, instrução própria e escola de filhos, manutenção da casa, etc). Software é muito caro e não é gênero de primeira necessidade, apesar da enorme dependência que temos disto no atual estágio de evolução da civilização que participamos.

Os fabricantes alegam impostos que encarecem o preço, ou seja, a culpa é do governo se o preço está tão caro. E eu digo que a culpa é de quem não quer enxergar o problema do custo de forma real e pragmática, e nem quer enfrentar a pirataria como se deve. Deixam a cargo do pobre e infeliz usuário, a responsabilidade de ser ético ou dentro da legalidade, e arcar com o prejuízo no bolso de quem está do lado mais fraco da corda financeira.

Assim, ficamos sem ter a quem recorrer neste caso.
Piratas são ilegais e portanto criminosos. Resolveriam nossos problemas práticos de informática, mas comprometem nossa integridade.
Fabricantes impõem suas regras, querem controle cada vez maior sobre o que você usa, e onde for possível, irão cobrar por isto.
Governo, que poderia regrar as coisas a favor do povo, de nós usuários, é o primeiro a impor um regime de impostos a que estamos obrigados a nos submeter, e que desencadeia uma cascata de outros repasses que encarecem todo e qualquer custo.

De qualquer forma, ninguém me conforta o fato de eu não ter podido continuar usando a versão da interface com que eu estava acostumado. O orkut (da Google), e outros, também já ameaça que em breve já não dará suporte ao meu browser atual, o MsInternetExplorer 6 e que precisarei mudar para IE 8, GChrome ou MzFireFox. Assim meu PC não agüenta!!!

---------------------------------------------------------------

Atualização do post:

No serviço, apesar de ter feito uma atualização do WLM há poucos meses, fui obrigado a atualizar de novo!


A versão que tinha instalada era:

Version 2009 (Build 14.0.8064.206)

Ou seja, mesmo build (14.0) apenas uma pequena variação na release (8064.206 x 8089.726). Quer dizer, nem mesmo versão ligeiramente anterior e portanto supostamente atualizada, foi poupada para deixar como está. Questiono o que tem por trás desse nivelmento obrigatório, isto é, que recursos obscuros e ocultos a MS empregará a todos sem que o saibam...

Tudo leva a crer que quando a MS quer impor seu domínio aos seus súditos-usuários, consegue de forma imperiosa e nem um pouco "democrática". Resta apenas aplaudir. É obedecer ou boicotar.

Para os que tiverem escolha, sugiro que prefiram o Yahoo!Messenger, que por enquanto continua gratuito, eficiente, e compatível com os contatos do MSN ou WLM.

10 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, amigo!
Excelente e muito apropriada a sua postagem!
Obrigada pela partilha
Beijos e Bons Dias sempre,
Renata

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Agradeço o compreensivo e generoso comentário
Não pude vir antes por motivos expostos na sua excelente postagem
Beijos e até mais
Renata

Vivian disse...

...olá moço!

eu sou avessa a mudanças
sem lógica, não gosto do
MSN que vem instalado no
windows, e por isso baixei
a versão que vem no baixaki
e estou feliz.

lembra-se quando em um dos
nossos bp eu lhe escreví
com letras manuscritas?

adoro esta versão pelos
recursos que tem...

bj

Viviane Villas Bôas disse...

Olá!
Também fui OBRIGADA a instalar a tal nova versão...e também não gostei, pois não percebi maiores facilidades e nem vantagem alguma.
Não sou fã de MSN...mas preciso usá-lo de vem em quando.
Conclusão: tive de me submeter a essas imposições.
Faço meu o seu protesto.

Até +!
Viviane.

uminuto disse...

gostei de ler e confesso que nestas coisas sou um pouco alérgica a mudanças
um beijo

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Rapaz!
Que bom receber a sua visita!
Continuo com problemas neste PC!
Muito obrigada
Muitos beijos sempre
Renata

Luma Rosa disse...

Que estrupício!! Ainda bem que não uso msn! :P Bom fim de semana!

Erika Freitas disse...

Nossa, eu to passalndo mal de rir aqui, mas é um riso de desespero. é incrível como ficamos presos a um produto, ainda mais quando estamos no campo da net. Sempre tem atualizações de todos os programas q usamos e chega uma hora q somos obrigados a fazê-las. Dá uma raiva enorme, mas vivemos em um sistema de consumo e se não consumirmos (mesmo q contra nossa vontada), não estamos "aptos" a viver nesse sistema. É triste mas é a verdade.

Andre Martin disse...


A todos:


Fiz uma nota complementar no post, uma atualização sobre o mesmo assunto.

Helinha disse...

Olá, querido!

Pois é... E até hoje eu sofro com essa bendita versão atualizada, que não me deixa usar a webcam! Minha cam, na versão que fui obrigada a instalar, não funciona de forma alguma! E só nos msn, porque para outras coisas ela funciona...

Beijos, adorei o texto, como sempre!

Related Posts Relacionados with Thumbnails