quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Inventando alto


aventura >> a ven(to a)tura >> aturar ventos em alturas


Num cartaz de campanha de segurança da informação do TJSP, havia os seguintes dizeres:

"Só há ventos favoráveis para quem sabe aonde vai."

Isto é bem verdade. Por outro lado:

"Para aqueles que estão perdidos, qualquer vento serve:
para aonde os levar, a chance de continuarem perdidos é grande."
(Mesdre)

Assim, penso que os ventos, sejam favoráveis ou não, fortes ou fracos, são o que menos conta na nossa aventura de viver, mas sim como os suportamos e nos aturamos.

Saber o que quer, ou saber para aonde ir, é o ideal que se prega aos ventos para que todos sejam ou reajam assim. Mas é fato que não existe pessoa absolutamente segura de si (ainda que se pense assim): há sempre uma brisa de dúvidas, de incerteza, de medo, receio, ansiedade, que nos aventa um momento ou outro.

"A vida é uma aventura que se inventa a cada instante!" (Mesdre)

E concluo que a vida independe dos ventos, ainda que estes nos arrastem, devemos estar sempre prontos a içar bem alto as velas e tirar proveito dos momentos que se nos apresentam, e seguir buscando o melhor caminho. Porque pouco importa o destino... lá chegaremos no final. Importa muito mais o caminho. Com quem caminhamos. E como o fazemos. Que este seja bem feito! E, muito mais do que pegadas, deixe boas recordações, que saibamos aturar bem, pois quando ao nosso destino chegarmos, haja o vento que houver, terá valido a pena a aventura!


Um comentário:

tossan® disse...

Estar totalmente seguro é perigoso, um pouco de medo e canja de galinha não fazem mal a ninguém pelo contrário. Gostei muito! Abraço

Related Posts Relacionados with Thumbnails