terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Depressão positiva


"Não há nada de tão ruim que não possa melhorar.
A vantagem de se chegar ao fundo do poço
é que nos permite tomar o impulso necessário para sair dele!"

(Mesdre)


Uai! Isto é que é "o ladobão da depressão", sô!

Aprendi, quando pequeno, mergulhando, que não iria me afogar se continuasse a afundar, procurando ir mais pro fundo ainda, até encontrar o piso da piscina, e dali dar um "pulão" para cima até a superfície!!

A volta à tona, e o alívio, é muito mais rápido do que o desesperador esforço de ir no sentido contrário do que não alcança e ir em direção ao que se evita!

Uma lição perigosa, que salva vidas!

Todo mundo se deprime, em maior ou menor grau. O ser humano nunca está satisfeito, e essa condição, quando conscientizada, chega a ser deprimente.

A única maneira de não cair nesse poço (ou sair dele), é ser inteligente e mais consciente ainda!



8 comentários:

Lis disse...

Oi Andre,
Li teu comnetário no Voz Ativa, fui parar no outro blog, depois vim aqui, dar uma bisbilhotada.

Difícil é manter a mente tranquila enquanto não se chega ao fundo, né? Isso é que faz tanta gente surtar. Mas concordo plenamente com você!

Abraço

Marie Thérèse Lacroze disse...

Carnaval virou sinônimo de depressão? Pelos blogs que passei nos últimos dias, o tema da depressão impera!
"O ser humano nunca está satisfeito", e que continue assim!
Penso que depressão, angústia tenham o poder de expandir a compreensão que o homem tem de si mesmo e das coisas que o cercam.
O importante é saber saboreá-la com moderação. Sem essa de "afogar-se na solidão", você deve dar um mergulho nela e, em certo isntante, lembrar-se que a terra firme lhe espera.
Não dá para viver sempre em terra firme como também, não dá pra viver só mergulhado em depressão. É mais ou meno assim, uma coisa precisa da outra, há que saber equilibrar e pronto.

Tia Brites disse...

Eu não tenho muitas tendências depressivas. Ok, tenho os meus altos e baixos mas nada de grave. Passa lá pelo estúdio... mas não te deprimas com a surpresa por favor.

Finúrias disse...

Ninguém se cura da depressão, aprende-se a viver com ela, uns dias melhor ,outros dias nem tanto !

lugirão disse...

Os dias atuais são um convite a depressão, por isso evito algumas coisas, como aqueles noticiários em que quase se vê o sangue escorrendo pela tela.
Tem que se manter focado e vigilante para não deixar a insatisfação tome conta de nós.

bjos

Alma Nua disse...

...o tema 'depressão'
é muito sério quando
aprendemos que esta
é uma das piores doenças
que há, e sem sombra de
dúvidas, o mal do século.

ao contrário do que pensamos,
ela começa no físico, e não
no campo emocional, pois
nada mais é do que a queda
de dois hormônios importantes
"serotonina e endorfinas"
que nos deixam em estado
de bom humor, eufóricos
com a vida, quando estão
trabalhando regularmente.

sem eles, ficamos apáticos,
sem motivações, fechados
para a vida, e vem daí
o estado depressivo,
que nos rouba a vontade
de viver.

esta é a verdadeira depressão,
não aqueles lances esporádicos
de tristezas que muitas vezes
nos acomete.

e para a cura precisamos ser
medicados, às vezes por longo
período de tempo.

bj

Sophia Compeagá disse...

Eu ia comentar no post de cima, mas qdo vi essa postagem aqui não pude evitar...
Eu tb acho q depressão pode ser produtiva e ter um ladobão!
Já ouviu a história do burro q ia ser sacrificado e jogaram ele num poço? e foram jogando terra por cima, mas ele se chacoalhava todo pra terra ir pra baixo, até que sem que ninguém se desse conta o burro conseguiu sair por cima da terra que jogaram.
É um pouco parecido com a idéia da piscina mas talvez usando mais das adversidades que vem de fora né...
De qualquer forma, acho que a depressão pode nos ensinar a olhar as coisas de outra forma, e só depois de se chegar neste estado é que podemos superar uma dor.

Adorei os comentários... valeu o incentivo a superar o trauma do "Com Ph" hehe
Que legal saber que seu filho tb gosta de tornados! Isso pq ele não viu o Mágico de Oz!
O que vc disse sobre o mágico foi bem interessante... adoro psicologia mas não tinha me atentado direito pra essa função do mágico no filme!
E esse jogo das cores é mesmo perfeito né...
Grande abraço!

Sophia Compeagá disse...

Pensando bem, melhor ele não ver Mágico de Oz mesmo... vai que ele se traumatiza e desiste da Metereologia! rs
Brincadeira!

Related Posts Relacionados with Thumbnails