sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

De volta ao Tema Polêmico


Tema polêmico: O valor do sexo


"Homem faz sexo para se sentir bem.
Mulher precisa se sentir bem para fazer sexo."


Carmita Abdo, professora psiquiatra da USP, fonte revista ÉPOCA n.556 12/01/09


O "valor do sexo" aqui não é no sentido de quantificar ($), mas de qualificar! Para quem o sexo faz mais sentido? Quem sente mais o "fazer sexo", o homem ou a mulher? E "fazer sexo" significa exatamente o quê?

Entre as 10 maiores prioridades na vida, segundo pesquisa recente da USP (10 capitais, 8200 brasileiros):
- para mulheres, sexo = 8.o lugar
- para homens, sexo = 3.o lugar

Ou seja,
- para mulheres, sexo só ganha de "exercícios regulares" e "férias regulares"
- para homens, sexo só perde de "alimentação saudável" e "tempo de convívio com a família"
( não devem ter incluído dinheiro na lista masculina nesta pesquisa, e talvez em alguns casos também futebol nem cerveja/bebida... rsrs )

Segundo Ruth de Aquino, diretora da sucursal da Época no RJ, as mulheres pesquisadas que despriorizam o sexo:
- desconhecem seu próprio corpo e seu potencial, ou
- ignoram os benefícios do prazer e do orgasmo sobre todo o resto (sono, saúde, produtividade e humor)

Ou seja, sexo faz sentir-se bem sim, portanto os homens têm razão e as mulheres perdem tempo e complicam a vida de ambos!

O tal "foi bom pra você" não é apenas um chavão masculino, mas sim uma preocupação (de ambos os gêneros) real e comum sobre a satisfação do/a parceiro/a, concluiu a pesquisa feita pela USP. Portanto, mulheres, quando ouvirem essa pergunta, não se irritem pensando ser uma coroação ao desempenho e ego masculino; escutem como um interesse verdadeiro de saber se foram correspondidas ou do que faltou para isto.

A primeira frase pode explicar também porque é tão difícil homem e mulher serem harmoniosos num relacionamento 100% do tempo. Ele quer transar o tempo todo, ou porque é bom ou porque não está legal e precisa disto para melhorar as coisas. Já ela, se não está legal, vai precisar de muito mais coisas melhores antes de partir para o sexo... Daí, que se seu parceiro também não estiver legal, sem sexo ele não vai melhorar para poder ajudá-la a se sentir melhor (coisa que, prometem pesquisas, o sexo por si só cuida de produzir este efeito)... Daí, que se ela evita o sexo com ele, ele piora, e as coisas todas pioram juntas no relacionamento deles... Daí, que se ela cede (meio que a contra-gosto das prioridades pesquisadas, por princípio), ele fica feliz, só que não adianta nada apenas ele sozinho nessa de felicidade, pois ela não embarcou na festa com o mesmo ritmo e ficou pensando nas coisas que faltam para se sentisse melhor, gerando um mal-estar pós-transa, o que é razoável e ao mesmo tempo totalmente ilógico! Mas se ela priorizar o sexo como ele, e partir pro sexo definitivamente na busca de seus benefícios, maravilha!

E não me venha com essa que isto é papo machista, argumento masculino, e que eu, como homem, estou querendo justificar qualquer coisa! São as pesquisas científicas e depoimentos de pofissionais sustentando esta verdade incontestável! (rsrs)

Ainda segundo a reportagem de capa na mesma revista mencionada acima, um dos segredos do amor eterno é exatamente o sexo satisfatório: tem que haver "tesão, sem o qual nada pode seguir adiante" (Bruna Lombardi, 30 anos casada com Carlos Alberto Riccelli).



19 comentários:

Iana disse...

hehehe... sem comentários!!!
hehehe... como as rosas não falam... bico calado... heheh...

há homens que reclamam de mulheres que sentem dores de cabeça 365 dias por ano e se tiver mais dias de certeza que serão dias de dores de cabeça ou de alguma coisitas masss... heheh...

Mas há homens machistas sim, eu fui casada com um assim, todo dia quando e como ele queria e mais nada! Aff!!!

É assim o homem inteligente faz uma mulher e uma mulher inteligente faz um homem...
Sexo é bom para ambos e se existir amor melhor ainda... Mas tem que haver uma grande sintonia entre o casal, o sexo é um momento mágico e delicioso, mais se ouver posse, agora e já, vai correr mal...

Sexo não tem hora nem lugar, mas ambos tem que estar na mesma sintonia...

Existe mulheres que aceita fazer sexo com o maridão mesmo sem vontade para o bonzão se sentir satisfeito... eu não acho isso legal pois ambos tem que se sentir bem. Isso não é respeitar vontades e desejos etc...

O melhor é quando os dois estão mesmo afim, assim as coisas ficam mil. Mas, se apenas um quer e outro não quer, se for inteligente lembrara sempre daquele jogo de sedução, ai não há quem resiste... hehehe...

PS: Vou parar de falar se não vão querer consultas...heheh(brincadeirinha)

Adorei o texto fala a verdade já nem lembro o que escrevi, deixa pra lá devo ter dito alguma coisa certa e servirá pra alguém... kkkk

beijos e adorei sua visita volta hein??? amigão to indo pois aqui já são mais de 03:58 da manhã. Eu devo estar malukinha mesmo.. hehe bom sabadão
Iana!!!

Andre Martin disse...


Iana:
KKKKKK E isto é porque você disse que ia ficar de "bico calado, sem comentários". Adorei! hehehe Acho que seu "silêncio" é parecido com o meu (às vezes), guardadas as relativas proporções, é claro! rsrs

Carteiro disse...

Olá
Excelente texto e objectivo

Metendo a colher, o simular do orgasmo (ou exagerar) também é dramático, o sexo tem que ser partilha senão um fica com prazer e outro com lixo, creio que a falta de comunicação é a base do problema, comunicação não só falar, é sim muito ouvir.

É tão fácil um casal ser feliz, basta respeito, por exemplo, se eu “traísse” a mulher que namora comigo (o que é diferente da minha namorada, dado que “minha” é posse) não a estava verdadeiramente a trair, estava sim a trair-me!

Fica bem

João Gonçalves

A Senhora disse...

Ceeeeeeeeeeerto... Na verdade mulher só tem minhoca na cabeça, quando deveria ter "aquilo" na cabeça, ou em outro lugar.
Mulher pensar em férias? (de tudo!). Ou exercícios regulares? (fora de casa) Que absurdo! Quer coisa melhor do que sexo, sexo e sexo? Alivia a tensão, é exercício e se precisar de paisagens novas, é só fechar o olho! Portanto, barato!
Papo machista? Argumento masculino? Nãããaã...

iara disse...

a pesquisa parte de uma premissa interessante, mas ao não aprofundar os questionamentos e os motivos dessas formas diferentes de encarar o sexo, entre homens e mulheres, fica parecendo papo de revista feminina.
é claro que mulheres pensam primeiro em férias! temos jornada tripla! quádrupla! se contar a academia, pq são pouquíssimos os homens que já vi realmente dividirem as tarefas de casa, e isso não significa só brincar com os filhos de vez em quando, mas administrar toda a casa e a vida escolar dos filhos. reunião na escola eu acho que deveria se chamar reunião de mães, não de pais, dá pra contar os ditos nos dedos de uma mão e sobra...imagina quando chega o final do ano? eu adoro sexo, mas houve uma época se me perguntassem quer dormir ou transar...eu já estava roncando....
e a academia? bom, somos muito mais cobradas em aparência por toda a sociedade que vcs! mulheres são julgadas por isso, de forma tão dura quanto na inquisição! a obsessão com o corpo tb diz a muitas mulheres que se elas não forem belas não serão amadas, desejadas e portanto não terão.....sexo! daí vem a academia antes do sexo....
e sério, sexo só pra relaxar o cara me faz sentir um buraco só pra isso. sexo é pra ambos! e quando faço é principalmente pra mim! aí sim terei prazer, que é o objetivo final da coisa.
então levando-se em conta que homens e mulheres sempre serão diferentes acho mas fácil entender as diferenças pra poder conviver melhor...
afinal se ele esta estressado e pensa em transar comigo e sei que ele me ama, ele quer gozar par relaxar, mas tb quer aconchego e deixo de me sentir um buraco...mas se a relação por vários outros motivos vai de mal a pior, aí realmente mulher dificilmente topa....


mas gostei de ler, par ver como um homem e uma mulher podem lera mesma notícia (tb vi na tv) de formas diferentes. bj

Andre Martin disse...


João Gonçalves:
Obrigado por representar o lado comentarista masculino, ainda que "meter a colher" seja uma referência culinária, área injustamente atribuída só às mulheres.
Também acho que diálogo pode resolver muita coisa. Sim, comunicação é um mecanismo problemático e cheio de distorções (do ponto transmissor ao ponto receptor há muita interferência e atenuadores: codificação, meio, decodificação e interpretação das mensagem original), e também outro tema polêmico. Ademais, um dos maiores problemas de se dialogar é quando um dos lados não quer saber nem interagir... daí, o diálogo vira dois monólogos, e a conversa apenas um convívio social. rsrs


A Senhora:
Também é legal você representar aqui o lado comentarista feminino. Mas, só para deixar claro, as informações estão na revista Época da semana passada, nas bancas de jornais. E a maioria das recomendações ali são, curiosamente, de uma mulher, a diretora da sucursal carioca da revista, conforme mencionado no post. Eu apenas, seguindo uma tendência masculina de encarar as coisas, achei interessante dar uma força para as considerações DELA sobre os dados da pesquisa, divulgando e comentando aqui. rsrs
Mas, no fundo, a mulher sempre tem razão! Então, como 8a.posição fica lá no fundão, em ante-penúltimo, elas (da pesquisa) devem estar cobertas de razão! KKKK


iara:
Sim, não devemos ignorar esta pesquisa porque o mais importante dela é evidenciar que existe uma diferença de "approach" e no modo de abordar as coisas da vida e/ou levar um relacionamento adiante. E é importantíssimo ter consciência desta diferença, e notar que para um mesmo tema (sempre polêmico) as leituras e interpretações entre homens e mulheres são distintas e podem seguir em direção oposta (observe que para ambos a colocação da prioridade é a mesma, depende apenas do sentido! rsrs).

lugirão disse...

Ah! Não sou a melhor pessoa para comentar, pois não me encaixo nessa pesquisa, sempre pensei muito em sexo, conheço bem o meu corpo, nunca tive frescuras, e até quando não se tá muito a fim, se tiver um parceiro que te conhece bem, num instante a coisa muda, é só limpar a mente se entregar ao prazer, e claro e muito importante, ensinar o caminho das pedras pro teu parceiro.

Agora tem que estar de corpo e cerebro no que está fazendo, ficar pensando no cardápio do dia seguinte, naquele vestido que vc quer comprar, e principalmente pensar se o teu parceiro é fiel ou coisas do genero, não dá .... é muito brochante, ai depois reclama que não sabe o que é um orgasmo.

E eu não tenho a menor pena, dessas criaturas,kkkkkk

Andre Martin disse...


lugirão:
Pesquisas são amostragens da opinião de um segmento da população. Como amostras, não mostram todos os casos nem a realidade, apenas uma tendência significativa em percentuais relativos. Isto significa o seguinte:
1) acho que nenhum de nós respondeu a esta pesquisa, mas isto quer dizer que ela não exista;
2) claro que, mesmo que estas apontem para um tendência das maioria, sempre haverá aqueles/as que fogem à curva (de tendência);
3) penso que os homens ficam felizes e empolgados em saber que existem mulheres pensando e agindo assim como você. rsrs

Rafeiro Perfumado disse...

Não sei é como podem preferir comida saudável a sexo! É que o sexo faz bem à saúde, melhora a pele, a condição física, queima calorias, só vantagens!

Abraço!

Iana disse...

Amigo valeu a presença em meu cantinho no dia do meu niver...
adorei as suas palavras seus gestos
obrigada mesmo...

Felicidade é desejar, sonhar.
Todos os dias, infinitamente.
Todos esses sentimentos.
Felicidade é amar...

Não importa se você é real ou virtual, o que me importa é que voê existe e me concede todos os dias o prazer de ter a sua amizade...

beijos
rosa amiga
Iana!!!

Tia Brites disse...

Bem, aquela frase inicial é que me intrigou um bocado. Então se os homens não precisam de se sentir bem para fazer sexo, quer dizer que se forem atropelados por um autocarro e sobreviverem, no caminho para o hospital ainda saltam para a cueca do maqueiro? Xiii!!!

Andre Martin disse...


Rafeiro Perfumado:
Talvez explicando o óbvio (rsrs), uma popular expressão alternativa para "fazer sexo" é justamente o emprego do verbo "comer". Assim, faria todo sentido a preocupação com "comidas saudáveis" KKKK
Outra coisa, importante ressaltar, é que sexo pode ser saudável e salutar SE for consentido e prazeiroso... sexo forçado, sem envolvimento afetivo, ou sem toda a mágica que o ato inspira, este não faz nada bem!


Iana:
Fui ao seu blog responder este seu comentário. Mas já que passou por aqui, Feliz Aniversário!, a festa continua por aqui também, por onde você for!


Titia:
O sentir-se bem, que a frase se refere, está no âmbito psicológico, mental, emocional e sentimental. Mas, no caso de muitos homens (a maioria?), mesmo que este esteja todo aquebrantado, dolorido, exausto, em frangalhos, machucado, ferido, engessado, enfaixado, etc..., se a mulher se engraçar pro lado dele, pode apostar que não tem tempo ruim! Pode ser até sofrível, mas não creio que vá arrumar dor-de-cabeça como desculpas para deixar para uma próxima oportunidade, ele vai partir para o confronto... E não tem como ele esconder que não tenha goz(t)ado!... E dependendo de como ele esteja sendo provocado, de quanto ele esteja excitado e "matando cachorro a gritos", a enfermeira nem precisa ser bonita e gostosa... É comum ouvir nos bares: "não existe mulher feia, você quem não bebeu o suficiente". Agora, "com o maqueiro"? Bem, não faz o meu gênero. As ambulâncias daí também transportam maqueiras?

Vivian disse...

...sexo não tem nada a ver com amor...
e isso serve para os dois lados.
masculino e feminino..

e quando a mulher está com
dor-de-cabeça, tenha certeza
que há muito, muitos mais motivos
embutidos nesta 'dor'...

e de mais a mais, mulher
não tem manual...rs

me vinguei docê, viu só!

kkkkkkkkkkkkkkk


quando ví seu comentário sobre
'vai passar', rss

naquela hora, se no mundo virtual,
existisse meios de trucidar um amigo, este seria você...rsss

e quanto a pedir amor,
o modelo de pessoas daquele
post,nunca precisa pedir amor,
ele é o amor...e quem não gosta
de amar o amor?

"pençe"

rs

bjusss

Vivian disse...

...menino,
Van Gogh quando falou para
não ouvirmos as vozes negativas,
quis apenas ilustrar que muitas
vezes nos deixamos levar pela
insegurança, pelo pessimismo,
e e assim deixamos de realizar
tantas coisas que nos fariam
felizes...
se ele tivesse medo de seguir
a carreira, hj não seria o que
é...

e isso serve tbm para não darmos
ouvidos às pessoas negativas,
que barram nossos sonhos,
sonhos estes que se forem
simples desejos sem fundamentos,
acabam se diluindo naturalmente,
e não por intermédio de medos,
ou pessoas negativas, que estamos
carecas de saber existirem.

acho que respondi, não?

gosto docê pq me faz pensar.

bjus

Tia Brites disse...

Maqueiras não conheço. Mas se houver, devem ser uns bons sapatões. :)))

nandokas disse...

Olá,
Novamente com o sexo por tema, aqui está outro texto bem baseado/pensado/escrito. Gostei!
E de alguns comentários, também gostei.
Abraço.

Andre Martin disse...


Vivian:


Esse negócio de dor-de-cabeça é uma questão de "trânsito"!!
Assim:
Ele pergunta: - "Bonde ia?"
Ela responde: - "Trem vem!"
(ou seja, bom dia versus nem vem)
kkkkkk

Obrigado pelas respostas ao questionamento. Mais do que respostas (explicações), o ato de questionar (na busca de um aperfeiçoamento ou evolução) é importante, penso eu.


Tia Brites:


Ok, entendi sua resposta ao meu comentário no seu blog


Nandokas:


Hehehe. Sexo pensado é comigo mesmo! kkkkk
Obrigado pelo elogio. Que bom que gostou do texto.


Luciana disse...

Muito interessante essa pesquisa, são apenas mais algumas coisas para se pensar no que diz respeito a homens e mulheres, seres tão diferentes em comportamento e sensibilidade.
Adorei a dica.
Beijos!
Lu

Andre Martin disse...


Luciana:


Tão diferentes, tão iguais...
Mesmas necessidades, aspectos distintos...

Como somos complexos, não?
Queremos sexo com nexo...
Onde e como me conecto?

(imagine-se ouvindo
como música de fundo:
Bruta flor
de Caetano Veloso)

Related Posts Relacionados with Thumbnails