sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Picolé de Abacate


Eu simplesmente ADORO uma "Vitamina de Abacate". A polpa natural da fruta abacate com leite frio ou gelado e um pouco de açúcar, batidos num liqüidificador ou mixer. Acrescentar umas gotinhas de limão enquanto está sendo batido (para não talhar o leite) dá um certo frescor ao sabor e impede o escurecimento da superfície da bebida exposta ao ar por muito tempo (a idéia é beber logo e tudo, assim que ficar pronta). Mas isto é opcional. Prefiro pura. O limão cai bem para disfarçar o gosto forte do leite, se estiver fervido ou de má qualidade. Também pode acrescentar uma ou meia banana ao bater a vitamina; esta combinação é boa e saudável. Ou então adicionar um pouquinho do azulado Licor Parfait-Amour, isto não torna a bebida alcoólica, mas dá um toque todo especial ao seu sabor. Fica tão bom, que em vez de beber, dá até pra mastigar, mergulhando e encharcando pedaços de pão fresco ou torradas na vitamina.

Deliciosa também é a sobremesa "Creme de Abacate". A polpa natural do abacate, batida com creme de leite ou sorvete de creme (baunilha ou vanila), açúcar e gotas de limão, dá uma consistência pastosa de se comer a colheradas. Quando vejo esta opção de sobremesa nos restaurantes, é irresistível: adeus a qualquer dieta ou regime. Se bem que em termos de cremes, gosto mesmo é de "Creme de Papaya". Mamão maduro batido com sorvete de creme, regado com gotas de Licor de Cassis. Se funciona mesmo como um digestivo, como dizem, não tenho certeza, mas serve de ótimo pretexto, principalmente depois de encher a pança numa churrascaria.

O interessante é que o abacate, preparado assim, doce, que eu gosto tanto, causa estranheza em muita gente fora do BrasiL. Noutros lugares da América e da Europa, o abacate é ingrediente para saladas salgadas ou molhos condimentados, como o famoso Guacamole. Quer chocar um colega mexicano ou andino? Fala pra ele que vai comer abacate com açúcar, e verá uma cara de nojo e asco. Algo parecido ocorre com o tomate, no sentido contrário: preferimos tomate em saladas salgadas em vez de sucos adocicados, ainda que com pimenta.

A origem do nome da fruta vem da língua dos antigos Astecas: do awacatl em nahuatl, ficou aguacate em espanhol, e abacate é português (assim como do awacatchi do tupi, que significa "fruta que cheira bem", ficou abacaxi em português). Também dos Astecas derivam as "descobertas" e os nomes de tomatl, tchocoatl e tchicletl (nossos conhecidos tomate, chocolate e chicletes, respectivamente).

Retomando o tema do abacate que eu gosto de tomar, difícil é achar "Sorvete de Abacate". Se não for caseiro ou artesanal, isto é, feitos em casa ou em alguma sorveteria autônoma por iniciativa própria, não encontramos sorvete sabor abacate facilmente. As grandes marcas mais famosas (como Kibon, Nestlé, Yopa, Lá Basque, Brunella, Holandesa, Sottozero, Häagen-Daz, entre outras) só interessam fabricar os sorvetes que vendem mais. Nas sorveterias das regiões Nordeste e Norte do Brasil, onde há uma riqueza de frutas tropicais e diversidade de sabores inimaginaveis pelo resto do país e do mundo, até fazem o de abacate: mas diante de tanta novidade exótica a provar, o sabor abacate acaba ficando em segundo (terceiro, quarto, quinto) plano...

Picolé é suco ou sorvete no palito. Sei de duas marcas no estado de São Paulo que produzem e vendem "Picolé de Abacate": Frutiquello e Rochinha.



Destas, meu "Picolé de Abacate" preferido é o da Frutiquello. Além de mais barato, tem mais pontos de venda aqui na cidade de São Paulo, parecem mais determinados a expandir sua clientela, sem perder a qualidade do produto. Têm também pontos de sorveteria por quilo como atrativo, mas lamento que não façam o "Sorvete de Abacate", só de outros sabores (tem até de jaca, outro dos que gosto muito). Ainda não me deram explicação satisfatória do "porque não"...

Acho "Picolé de Abacate" da Rochinha um tanto caro e um pouco aguado, comparativamente. Menos saboroso, mas serve como alternativa quando o desejo aperta e não tem o outro por perto. Foi meu primeiro "Picolé de Abacate" encontrado na cidade de São Paulo! Teve um gosto todo especial, obviamente.

Descobri um ponto de vendas da Frutos do Cerrado ao acaso, numa galeria da Rua Augusta com Avenida Paulista, bem próximo do local onde trabalho. Quase todo dia que eu podia, ia tomar/provar um picolé de alguma fruta exótica com sabor da minha infância: sisiguela, gabiroba, cajamanga, araticum, fruta-do-conde, etc. Um dia, antes que eu chegasse no de abacate, sumiram com o ponto de lá! Mandei email questionando a atitude de espantosa retração, pouco competitiva em relação aos concorrentes que expandiam, e a resposta foi frustrante: optaram por manter apenas UMA sorveteria na cidade (de 12 milhões de pessoas!)... Nem fui! (agora no site deles, vi que abriram outras, mas também descobri que nem tem de abacate!)

Não é muito comum achar pontos de vendas destas marcas, mas já localizei alguns no caminho de casa... Agora, finalmente, quando pinta aquela vontade, já sei aonde recorrer! Pena que nem sempre tem quando vou: ou acabou (que dizer que não sou o único maluco do pedaço a tomar picolés de abacate) ou está em falta de matéria-prima (escasseia na entre-safra da fruta, que dá quase o ano todo!).

E por todo canto que eu vou, sempre que eu tenho oportunidade, quando vejo um vendedor ambulante de picolés, eu pergunto: "tem Picolé de Abacate?"... Vai que tem, né? Senão, pelo menos pode virar estatística de sabor procurado. Hehehe... Aliás, encorajo você a sempre perguntar o mesmo, endossando e engrossando a "pesquisa"... Quem sabe assim eles (isto é, todas as sorveterias) acabam entendendo que "precisam" fabricar também "Picolé de Abacate"? Seria bom demais!



Bônus:

http://www.sorvetesfrutiquello.com.br/
http://www.sorvetesrochinha.com.br/
http://www.frutosdocerrado.com.br/


18 comentários:

Ivana disse...

André,
Juro que nunca vi alguém gostar de abacate como você. Olha, eu morei em sítio toda a minha vida, abacate é o que nunca faltou, até apodrecia no chão. Também vendíamos no mercado da minha cidade. O leite com abacate realmente é gostoso, mas estufa, tem que ficar uns dias sem comer nada. O sorvete tem em uma sorveteria da minha cidade. Todos os picolés são da fruta e não artificiais. Fico com o Creme de Papaya, tudo de bom!
Os sorvetes Fruto do Cerrado são muito bons mesmo, todos da fruta, não são artificiais.
Adorei sua matéria, um grande abraço, André, um ótimo fds

Andre Martin disse...


Ivana:


É verdade, há de se comer/beber com parcimônia, porque senão TUDO engorda ou estufa! rsrs

Nem citei as propriedades do abacate, porque a idéia do post não era para falar da fruta (quem quiser, pode procurar, na internet), mas dos seus "produtos"...

Sim, ele é muito oleoso, mas é a "gordura boa" (que favorece o colesterol bom! rsrs).

Quando eu tive a primeira crise de hipertensão (foi há muito tempo!), o médico me submeteu a uma dieta rigorosa, e cortou tudo quanto é doce e gorduras... o abacate foi o primeiro da lista! buáááá

Mas depois a medicina e nutrição reviram seus conceitos e redimiram o abacate (e o ovo!) desta lista de vilões! hehehe

Gosto, mas tento moderar, sem exageros (senão enjoa, né?)

Obrigado pela participação e contribuição com sua opinião, sempre importante.

lis disse...

Oi André
Gostei tanto de ler sobre essas sobremesas , esses cremes de abacates! eu também gosto muito.E é recomendável , claro ,com reservas porque é calórico .
Batido com leite e gotinhas de limão é a minha receita preferida.
e picoles, sempre encontro quando passo verão no interior.
caseirinhos, bem bons.
um abraço e obrigada pelo post gostoso !rs
abraços

Luna Sanchez disse...

Eu curto abacate com limão, leite e açúcar, beeeeeem geladinho, mas tu tem tara, hein, guri?

Rs

Viva o picolé de abacate!

\☺

Artes e escritas disse...

Gosto de abacate, mas em forma de creme com algumas gotas de limão para não escurecer. Um abraço, Yayá.

Vivian disse...

...adoro abacate de qqr jeito.

mas o meu preferido mesmo
é temperadinho com azeite,
pimenta do reino e sal.

afemaria que delícia!!

bj

Elisa T. Campos disse...

Nossa
André. Você falou de abacate com tanta
propriedade que até deu água na boca.
Gosto de abacate puro mesmo. É menos calórico.

Mas a sua idéia de encontrar picolés
de abacate só com procuras mesmo.
√ou perguntar a todo mundo se tem picolé de abacate, OK ?

Fátima disse...

Oi André,

Também gosto muito de abacate, mas teu caso já é preocupante..rs

Beijo meu

mfc disse...

Bem... temos aqui uma enciclopédia sobre as diferentes formas de consumir abacate!
Efectivamente é das frutas tropicais de que gosto... sobretudo comida crua!

Eliana disse...

Oi Andre, seu texto deu água na boca rsrs... mas eu gosto muito é de abacate amassado com açucar ou abacate amassado com açucar e um pouco de café, é uma delicia! Tenha uma ótima semana!!! Um abraço

Berzé disse...

André, gosto também.Outra vantagem é na hora de lavar as vasilhas; o abacate não agarra. Vou engrossar o coro dos q pedem picolé de abacate pra aumentar o percentual.
Abração!
Berzé

JM Doces disse...

Abacate pra que te quero!

Daniela Carvalho disse...

André, pois você seria muito feliz em Cuiabá neste quesito. Praticamente todos os picolezeiros na rua vendem picolé de abacate, estanho é não ter. E temos várias filiais de uma soverteria chamada Sabores do Cerrado, quem tem todos estes sabores exóticos maravilhosos e parecida com a Frutos do Cerrado. Dia destes provei o picolé de Piqui, e não é que é bom! O de bocaiúva eu amei também!
Agora, já sabe: em Cuiabá pode faltar muita coisa, menos picolé e sorvete de abacate!
Abraço enorme!

Daniela Carvalho

Ma Ferreira disse...

Fiquei com água na boca. O sorvete do Rochinha de Abacate é uma delicia,, o de banana também..
o de coco então.. e o de manga?..rsrs

O do Cerrado gosto dos sabores exóticos...

Bacana teu post!

bj

Helinha disse...

Ah... Eu amo abacate! Vitamina de abacate, abacate com açúcar, abacate amassado com leite em pó... prefiro doce mesmo, porque abacate com sal tira um pouco o sabor de infância que essa fruta me traz, junto com a manga (até o refrigerante que tomávamos na minha cidade se chamava "Abacatinho", apesar de não ter sabor de abacate!!!)... E vou te confessar um segredo: ao contrário de 99% das mulheres (hoje em dia dos homens também), quando estou comendo eu não penso em calorias, não... Como e pronto... Esse negócio de comer (e etc) com sentimento de culpa não é comigo, não!! hehehe

Aqui não vejo picolé de abacate, acho que nunca vi em BH... Que pena... Se tivesse, seria um por dia, com certeza!!! rs

Beijinhos!!

^^

Julio Seidenthal disse...

Caramba! Tô morrendo de vontade de tomar sua vitamina de abacate.(Risos)

Andre Martin disse...


#insight


Eita. Momento-frustração....

Fui ler na embalagem do Picolé de Abacate (da Fruttiquello):

Ingredientes:
água,
leite em pó integral e desnatado,
soro de leite,
açúcar,
gordura vegetal hidrogenada,
emulsificante,
monoglicerídeos de ácidos graxos,
espessante goma guar, (heim?)
fécula de mandioca modificada, (trans?)
amido de milho pré-gelatinado,
aroma natural de abacate, (colocado artificialment, né?)
xarope de glicose,
açúcar invertido, (seria "racúça"?)
corantes artificiais,
amarelo tartrasina,
amarelo crespúsculo,
azul indigotina.
Não contém glúten.

Cadê o abacate????
aba kkkkkkkkk te !
acaba-te...

Wilma Sampaio disse...

Cadê a foto da minha paleta?

Related Posts Relacionados with Thumbnails