sábado, 3 de setembro de 2011

Ingrata gratidão


"O calar, o silêncio, a indiferença,
nenhuma manifestação de agradecimento...

Um simples "valeu!" ou "é isso aí!"
teria o mesmo valor de um "muito obrigado!" ?

O falar truncado
não é o mesmo que
o dizer pleno.

Porém, o significado da comunicação
pode transcender à figura da palavra,
seja na intenção,
no olhar,
nas entrelinhas surdas,
no sorriso contido ou largo,
na expressão facial,
no gesto não verbal,
na tradução.

Assim, tudo é relativo,
como a interpretação que fazemos
das coisas e das mensagens que nos chegam.

A gratidão sincera é uma linguagem
que ultrapassa as limitações dos idiomas.
Alcança corações, além das fronteiras.

Mas pode esbarrar no orgulho e egoísmo humano.
Trava nas sombras da individualidade da alma.

Sentir e reconhecer gratidão, é uma coisa.
Demonstrá-la, saber e querer externá-la, é outra coisa bem diferente.

Feliz aquele que percebe isto, e nem se importa...
Simplesmente agradece, sinceramente, pelas oportunidades."


Mesdre


18 comentários:

Jaqueline Köhn disse...

MUITO MUITO OBRIGADA!

Ma Ferreira disse...

André.. testemunho..

Antes eu espera sabe.. Muito obrigada, valeu.. é isso ai....
Ate acho que faz parte de sermos educados. E penso é uma maneira de valorizar a atitude do outro.

Mas o outro é o outro.

Cada um é o que é. Parei de sofrer por isso..ou desejar que o outro seja assim ou assado, porque não depende do meu querer.

A pessoa assim tb tem muito o que aprender na vida.

A vida sempre ensina... mais cedo ou mais tarde.

Final de semana d paz...

Luna Sanchez disse...

O essencial é que a comunicação se dê de forma adequada, seja qual for a via. Eu gosto da verbal bem direta mas também aprecio muito as demais opções e o silêncio, por vezes, é bastante eloquente.

;)

Respondi o teu e-mail sobre o layout do Fases, tá?

Um beijo, bom final de semana!

Elisa T. Campos disse...

André

Que lindo.
Às vezes a gratidão é silenciosa.
A minha está nas entrelinhas surdas
como você bem disse.Um dizer pleno
mas curto como um haicai.

Obriiiigaaaduuuu por fazer parte na
viagem de trem do meu blog.
Um bom fim de semana.

Et. Não consegui acessar direito o seu blog que está desativando
bj

Artes e escritas disse...

A diferença é que na linguagem coloquial a gíria é usada. Na internet creio que as duas maneiras possam ser usadas, a expressão se faz conforme o momento do internauta em relação ao que lê ou vê. Depende da situação. Um abraço, Yayá.

Vivian disse...

...para quem é imperador
no que faz,
o prazer da doação é
sempre infinitamente maior
que o reconhecimento.

obrigada por me fazer
pensar...rsrs

Amanda Aguiar Silveira disse...

muito obrigada por essas palavras lindas!

SELIA disse...

Olá, boa tarde!

Obrigada pela visita, amo as suas visitas só para olhar o seu sorriso e sua metade, e fico a imaginar porque esta metade?
Ontem em Salvador fez frio e muito vento até parecia outra cidade, no entanto hoje já fez sol de primavera.
Eu já estou vivendo a primavera e não vou sair tão cedo, quero apreciar mais as flores.
Amei seu texto.
Desejo uma semana maravilhosa e cheia de novidades boas.
Beijos
Selia

Andre Martin disse...


SELIA:


Talvez isto seja uma tentativa de explicar a metade:
http://tremusdamivi.blogspot.com/2011/03/um-talvez-mas-em-metades.html
(se bem que a foto é anterior ao post rsrs)

Andre Martin disse...


Amanda Aguiar:


Sou eu quem agradeço suas doces palavras e bem vinda presença.

Andre Martin disse...


Vivian inFoco:


Que imperador? rs

De nada. Mas olha que o pensamento é seu, heim!

Andre Martin disse...


Yayá:


É, na internet... E fora dela, no mundo real? Coloquial ou não, há a comunicação não escrita, formal ou informal, sem palavras e sem gíria...

Concordo. Como diria qualquer engenheiro: tudo depende! rs

Andre Martin disse...


Elisa T.Campos:


Em trem bão assim é bão pegar carona! rs

Para acessar o blog Mesdre antigo, que está no MyPage/MyBlog, só funciona direito com o browser/navegador Internet Explorer da Microsoft. Se tentar com qualquer outro como FireFox da Mozilla, ou Chrome da Google, ou Safari da Apple, ou Opera, e outros...
OK?

Andre Martin disse...


Luna Sanchez:


Eu também gosto de tudo explicitamente às claras, quanto mais objetivo melhor (apesar de eu ser cheio de rodeios e sutilezas ás vezes, cheio de múltiplos sentidos)...

Se já faz tempo, recebi sua respostas. A explicação veio.
Se foi agora, acho que perdi. Foi o link que você me passou agora?

Andre Martin disse...


MaFerreira:


kkkkkk
Isto eu sempre ouvi: um é um, outro é outro
(ou melhor, na íntegra: "uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa")

Tem razão. Cada um só aprende a lição por si mesmo. Uns são mais espertos que outros, e aprendem vendo, ouvindo e observando.

Andre Martin disse...


Jaque:


De nada!
Muito muito obrigado à você!

Mari disse...

Oi meu querido,

Eu sou feliz, percebi isto e me importo...
Agradeço simplesmente...sinceramente, a oportunidade de conhecer você!

Beijo grande e bom final de semana!

;)

Clara disse...

Ingratidão é o que mais temos por aí... como se a(s) pessoa(s) pensasse que o que fazemos não passa de obrigação...

Related Posts Relacionados with Thumbnails